Microchip: MPLAB X e MPLAB XC – parte 1

 

Licença Creative Commons
Microchip: MPLAB X e MPLAB XC – parte 1 por Fábio Souza. Esta obra está sob a licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Artigo publicado originalmente no site Embarcados

destaque-660x236

Um bom conjunto de ferramentas de desenvolvimento de firmware é essencial para produtividade e um bom aproveitamento dos recursos do microcontrolador que se está trabalhando. Uma IDE que traga recursos para edição e depuração de código agiliza bastante o desenvolvimento de código para microcontroladores, quando se está trabalhando com projetos mais complexos. Pensando nisso a Microchip[1] atualizou a consagrada MPLAB IDE para a poderosa IDE MPLAB X [2].

O objetivo do MPLAB X é ser o único ambiente de denvolvimento necessário para se trabalhar com a linha de microcontroladores da Microchip [1]. Essa IDE trouxe muitas mudanças para as ferramentas de desenvolvimento para os microcontroladores PIC. Ao contrário da ferramenta anterior, MPLAB IDE, que foi desenvolvida totalmente pela Microchip, o MPLAB X é baseado em uma ferramenta de código aberto, o Netbeans [3], tornando as ferramentas da Microchip multiplataforma, e pode ser utilizada em Windows, Linux ou Mac OS.

A figura 1 exibe a janela inicial do MPLAB X. Para quem conhece o ambiente Netbeans, nota-se rapidamente a semelhança:

inicio_MPLABX-660x350

MPLAB X trouxe muitos recursos que auxiliam o desenvolvedor em seus projetos. Confira a seguir uma breve lista de recursos apresentados:

  • Possui visualização gráfica para código mais complexos, podendo visualizar facilmente as chamadas de funções e dependências de códigos;
  • Possibilidade de diversas configurações em um mesmo projeto como: compiladores (várias versões do mesmo compilador), ferramentas de gravação e depuração;
  • Hiperlinks para fácil navegação no códigos;
  • Templates de códigos para auxiliar na produtividade;
  • Visualização de alteração no código desde a última modificação;
  • Expansão de macros;
  • Dois tipos de janela de disassembly;
  • Auto complete de código;
  • Controle de versão;
  • Entre outros.

A Microchip trás também em seu conjuntos de ferramentas o compilador C, MPALAB XC [4]. Este é um poderoso compilador para toda a linha de microcontroladores PIC. Possui versão para os microcontroladores de 8, 16 e 32 bits, conhecidas como XC8, XC16 e XC32. Este compilador possui diferentes tipos de licenças, inclusive uma grátis. cada licença possui diferentes niveis de otimização, conforme exibido na figura 2 a seguir:

optimization-levels

Conforme se pode observar na figura 2, a versão free não possui otimização de código, porém pode-se avaliar por 60 dias a versão pro. A versão Standard possui 50% de otimização e a versão PRO 100%.

No próximo artigo vamos criar uma aplicação do zero usando as ferramentas apresentadas. Será necessário fazer o download do MPLAX X [2] e a versão MPLAB XC8 [4], já que focaremos nos microcontroladores de 8 bits da Microchip [5]. Deve-se ficar atento ao sistema operacional que está utilizando para fazer o correto download.

Caso tenha dificuldade com a instalação do MPLAB X, você pode acompanhar o passo a passo de instalação, para cada sistema operacional, na página Developer Helps [6].Para a instalação do MPLAB XC 8, também é apresentado um passo a passo no link a seguir [7].

 Referências

[1] – http://www.microchip.com

[2] – http://www.microchip.com/pagehandler/en-us/family/mplabx/

[3] – https://netbeans.org

[4]- http://www.microchip.com/pagehandler/en-us/devtools/mplabxc/home.html

[5]- http://www.embarcados.com.br/microchip-microcontroladores-8-bits/

[6]- http://microchip.wikidot.com/mplabx:installation

[7]- http://microchip.wikidot.com/xc8:installation

Crédito das Imagens: Microchip [1].

Anúncios
Publicado em PIC
%d blogueiros gostam disto: